quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

DO RETRATO COMO NUNCA VISTO: O IMPACTE DA PANDEMIA POR CONCELHO

Leiam e divulguem (se considerarem relevante). Pela primeira vez saibam o impacte da covid-19 por concelho. É isto divulgado pelo Governo? Pela DGS? Pelas televisões, jornais e rádios nacionais? Não: é pelo FAROL XXI. 

Independentemente da vossa posição, leiam AQUI.  

E tirem a vossa conclusão, mesmo que discordem da minha interpretação.

Lead

Pela primeira vez, eis um retrato dos efeitos da pandemia em Portugal. Apesar da falta de transparência do Governo na revelação de dados pormenorizados sobre a covid-19, o FAROL XXI pesquisou e vasculhou sites e rede sociais das autarquias, bem como outras fontes de informação, designadamente órgãos de comunicação social de âmbito local e regional. Como até agora, ao fim de quase 12 meses, nenhum media de âmbito nacional (TVs, jornais e rádios) quis incomodar o Governo para se divulgar em pormenor os impactes do SARS-CoV-2, o FAROL XXI apresenta aqui uma análise possível mas exaustiva. Saiba assim como se portaram 233 concelhos (onde se divulga informação epidemiológica) em três indicadores fundamentais: taxa de mortalidade, taxa de letalidade e peso da covid-19 no total dos óbitos. E depois, questione-se sobre os motivos de haver tantos concelhos importantes sobre os quais nada se sabe; e sobre os motivos do manto negro que esconde a tenebrosa situação dos lares de idosos.

Sigam e divulguem a página do FAROL XXI.

E o site do FAROL XXI.

Sem comentários:

Publicar um comentário